Porque relacionamentos dão errado?

É muito comum nos relacionamentos que o amor afetuoso esteja misturado com o apego e isso sempre é fonte de chateações e problemas. O apego é o desejo de felicidade para nós próprios, ou seja, nós amamos a outra pessoa porque ela nos faz sentir bem. 

Nos relacionamentos amorosos com apego as pessoas pedem por reciprocidade – se um deles envia uma mensagem ele espera que o outro responda (e rápido!). O apego também pede para controlar o outro, por exemplo, quer saber o que o outro faz, onde vai, etc. Outra característica do apego é imaginar que o outro pode nos dar felicidade. Mas se pensarmos que às vezes é tão difícil amarmos a nós mesmos e aceitarmos nossos próprios defeitos; se é custoso e complicado eu mesma fazer algo por mim – como posso esperar que o outro atenda ao meu desejo de ser valorizada, admirada e desejada? 

Isso não significa que seja preciso abandonar nossos relacionamentos. O que devemos fazer é aprender a distinguir entre apego e amor e, gradualmente, tentar remover todos os vestígios de apego dos nossos relacionamentos, aperfeiçoando o nosso amor.

Psicóloga Juliana Bianchim – (61) 9.9391.3883

#Relacionamentos #Amor #Apego #Ansiedade #BemEstar  #Depressão #Emoções #Equilíbrio #FaçaTerapia #Felicidade #Pânico #Prevenção  #ProcureUmPsicólogo #Psicóloga #PsicólogaemBrasília  #PsicólogaJulianaBianchim #Psicologia  #Psicoterapia  #Terapia  #TerapiaCognitivoComportamental #VenhaCuidarDeVocê #ViverMelhor

search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close