O sapo e a panela de água fervente

O SAPO E A ÁGUA FERVENTE

“Se você puser um sapo em uma panela, enchê-la com água e a colocar no fogo, vai perceber uma coisa interessante: o sapo se ajusta à temperatura da água e permanece lá dentro. E continuará se ajustando enquanto a temperatura da água vai subindo. Quando a água atingir o ponto de fervura, o sapo tentará saltar para fora da panela mas não conseguirá pois se ajustar às mudanças de temperatura o deixarão cansado. Alguns dirão que o que matou o sapo foi a água fervente. Mas na verdade, o que matou o sapo foi a sua incapacidade de decidir quando pular fora. Diferente do sapo, precisamos parar de nos ajustar a pessoas erradas, relacionamentos abusivos, amizades parasíticas, trabalhos que não nos satisfazem e tantas outras situações que vivem ‘‘te esquentando’’. Quando tudo que podia ser feito já foi feito, é preciso ‘pular fora’ caso contrário, morreremos tentando e não alcançaremos nada. SAIA FORA DISSO.”

Autor desconhecido.

Psicologia, , ,
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close